1 de nov de 2011

Profissionais da educação de Goiânia foram homenageados com o prêmio Baluarte da Paz

 

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, homenageou ontem a noite 78 instituições e personalidades que contribuem com ações efetivas de cultura de paz no município. Os certificados de baluartes da paz foram entregues aos homenageados em uma cerimônia que aconteceu no auditório do Tribunal de Justiça (31 de outubro de 2011).

O evento é promovido pela assessoria de igualdade racial - GT da Paz – dentro das comemorações do aniversário de goiânia. Por meio da lei 8929 de 20 de julho de 2010 foi criado o grupo de trabalho da paz na prefeitura de goiânia que é hoje constituído por 19 secretarias municipais e 25 instituições da sociedade civil.

Prêmio Baluartes da Cultura de Paz SME de Goiânia:

1. Neyde Aparecida Silva - Secretária Municipal de Educação gestão 2011/2012 - Criou e lançou a Iniciativa da "Política Articulada de Educação da PAZ - EPAZ" no âmbito da SME, portaria 039 de 02 de setembro de 2011; Pedagoga com especialização em Administração Escolar, professora da rede estadual desde 1976, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Goiás (Sintego) por três mandatos, ex-deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores, ex-presidente da Companhia Municipal de Urbanização de Goiânia (Comurg) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sedem);

2. Genivalda Araujo Cravo dos Santos - Professora Efetiva da Rede Estadual de Goiás e Município de Goiânia, Historiadora, Doutora em Ciências da Região pela PUC Goiás, Mestre em Ciências da Religião pela UCG-GO, mentora intelectual da EPAZ; Coordenação Geral  da EPAZ/SME de Goiânia portaria 039 de 02 de set. 2011, participante do GT da PAZ no período da fundação representando a Iniciativa das Religiões Unidas -URI Goiás, Coordenadora do Círculo de Cooperação da URI Go, Coordenadora do Comitê Espiritualidade e Paz durante o II Festival Mundial da Paz (2008-2009) , focalizando a ação Meditação a Meia Noite pela Paz (2008-2009), Dirigente do Sintego de 1996 a 2005; Ativista da Educação da Paz.

3. Pe Francisco Prim - Diretor de Departamento Pedagógico - DEPE/SME, Coordenação geral da EPAZ/SME, Doutor em Teologia pela Universidade de Barcelona e Mestre em Ciências da Religião pela UCG/GO; Ativista da Educação da Paz.

4. Marcos Pedro da Silva - Chefe da Divisão de Estudos e Projetos - DIEP/DEPE/SME, Coordenação geral EPAZ/SME, Mestre em Ecologia e Produção Sustentável pela Universidade Católica de Goiás – UCG; Ativista da Educação da Paz.

5. Hilda Maria de Alvarenga - Pedagoga e Diretora de CMEI 13 de Maio, Ativista da Educação da Paz; Desenvolve o Projeto Somos Diferentes, Mas Não Desiguais no CMEI e a Caminhada pela Paz Contra o Racismo em conjunto com a comunidade do Parque Industrial João Bras (O Projeto foi lançado no dia 13 de maio deste ano (2010 e 2011), focando o Dia Nacional de Denúncia Contra o Racismo e a divulgação dos significados da Lei Áurea.

6. Romilda Cândido de Araújo Mendes - Pedagoga; Andreia Krawczyk e Silva Melo - Pedagoga - ambas as pessoas Coordenadoras Pedagógicas e Articuladoras dos Projeto Somos Diferentes, Mas Não Desiguais e da Caminhada pela Paz Contra o Racismo desenvolvidos no CMEI 13 de Maio.

7. Ana  Geralda dos Santos - Professora de Língua Portuguesa, Coordenadora do Cíclo III Matutino; Sandra Perpetuo  de Souza - Pedagoga, Coordenadora Ciclo II Matutino; Marta Elisa da Silva Alves Souza - Pedagoga, Coordenadora Ciclo I Vespertino; Leila Fatima Martins de Oliveira - Matemática e Coordenadora da EAJA Noturno; Aurea Divina Lino de Sousa - Pedagoga e Diretora;  Márcia Bueno dos Santos - Apoio Técnico da URE Brasil e formadora dos Mediadores de Conflito da escola; ambas Coordenam e Articulam o Projeto Construindo Uma Cultura de Paz 2011 na EM D. Angelina Pucci Limongi e promoveram a Caminhada pela Paz em set., todas as pessoas ativistas da Cultura da Paz.

8. Ágda Alves de Asevedo Canedos  - Pedagoga, Matemática, Apoio Técnico da URE Brasil, Mestre em Educação Ciências e Matemática pela UFG; Luciana Ferreira Machado - Pedagoga, Psicopedagoga e Apoio Técnico da URE Brasil; Paulo de Tarso Lêda Filho - Professor de Educação Física e Apoio Técnicoda URE Brasil; Arlete Gomes Cabral - Pedagoga e Coordenadora da URE Brasil;  Alcione Francinete de Carvalho Camargo - Diretora da URE Brasil - ambas as pessoas Articularam e Coordenaram o Projeto Rompendo o Cíclo de Violência no período de 2005 a 2011; Ativistas da Educação da Paz.

9. Manoel do Bomfim Rodrigues de Souza - Licenciatura em Ciências da Religião, Apoio Técnico no CEFPE, Mestre em Ciências da Religião UCG/GO. Faz parte da Equipe da EPAZ/SME desde a formulação da proposta oficial e é um dos articuladores da EPAZ na RME; Padre, cantor, compositor, animador, incentivador, articulador das pastorais sociais nas dioceses que atua e atuou; Membro do Lions Clube Goiânia Sul; Ativista da Educação da Paz.

10. João Bosco Moreira  - Reconhecido pela comunidade na época como Secretario Geral da EM Bom Jesus durante 15 anos como um Ativista da Educação da Paz.

11. Alexandre Malmman - Professor de Educação Física, Coordenador do Projeto Terra Sem Bullying da EM Maria da Terra.

12. Abadia Helenice Gonçalves Mota - Pedagoga e Especialista em Combate a Violência Doméstica Contra Craiança e Adolescente; Lucinete Jardilina de Oliveira - Historiadora e Especialista em Combate a Violência Doméstica Contra Criança e Adolescente; e Rosenilda Trindade - Pedagoga e Mestere em Educação pela PUC Goiás - ambas as pessoas fazem parte da Rede de Atenção a Criança, Adolescente e Mulheres em Situação de Violência da SME.

Parabéns a tod@s!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)