29 de jun de 2016

Contra a objetificação da mulher na publicidade - Badger & Winter

 

Mãe de Valentina, ex-MasterChef Junior, se manifesta em Cannes contra propagandas machistas

Sete meses depois de ter visto sua filha Valentina, de 12 anos, sofrer assédio sexual nas redes sociais enquanto participava do programa MasterChef Junior, Daniela Schmitz decidiu se posicionar sobre o caso.
Schmitz, que é vice-presidente executiva de engajamento para marketing na agência Edelman Significa, se manifestou por meio de um texto publicado no site Meio e Mensagem.

No texto, a executiva afirma discordar da tese de que os assediadores de sua filha são "doentes e pedófilos":
"A maior parte deles são simplesmente rapazes que desde sempre foram impactados por imagens e mensagens nas quais as mulheres ou pedaços delas eram tratadas como objetos sexuais. Imagens e mensagens contidas nos anúncios, nos filmes e outdoors que os leitores deste jornal criaram, aprovaram e veicularam. E assim, cresceram, crescemos… ajudando através da publicidade a construir a cultura do estupro."

Inspiração

O impulso de escrever, diz Daniela, surgiu após ela ter assistido a um emocionante discurso da publicitária Madonna Badger, apresentado neste domingo (20) durante o Festival Internacional de Criatividade de Cannes, que premia anualmente o melhor da criação publicitária. 

A agência novaiorquina Badger & Winter, da qual Madonna é sócia, lidera a campanha #WomenNotObjects (#MulheresNãoObjetos), contra a objetificação da mulher na publicidade.
Veja, abaixo, um vídeo da campanha (é possível colocar legendas em português clicando na engrenagem):


Fonte: HuffPost Brasil, 29 de junho de 2016.

27 de jun de 2016

Marta Silva “é sinônimo de vigilância dos acidentes e violências no Brasil”.




“Todo caminho da gente é resvaloso. Mas também, cair não prejudica demais - a gente levanta, a gente sobe, a gente volta! [...] O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”.

João Guimarães Rosa

_________________ 


 Nossos obrigadas e obrigados



Marta, 

Da mais recente vez que Cheila esteve no Espírito Santo, eu disse a ela que a visita dela, tal qual a sua traziam um certo alento, como um abraço de mãe.
Sinto me órfão de mãe com sua saída, mas ao mesmo tempo motivada a continuar a lutar.
Envio-te um poema de Carlos Drummond de Andrade que pode melhor que eu dizer de meus sentimentos, neste momento.

Para Sempre



Por que Deus permite

que as mães vão-se embora?

Mãe não tem limite,

é tempo sem hora,

luz que não apaga

quando sopra o vento

e chuva desaba,

veludo escondido

na pele enrugada,

água pura, ar puro,

puro pensamento.

Morrer acontece

com o que é breve e passa

sem deixar vestígio.

Mãe, na sua graça,

é eternidade.

Por que Deus se lembra

— mistério profundo —

de tirá-la um dia?

Fosse eu Rei do Mundo,

baixava uma lei:

Mãe não morre nunca,

mãe ficará sempre

junto de seu filho

e ele, velho embora,

será pequenino

feito grão de milho.

Na verdade, este episódio é só mais "uma pedra no caminho" que já é por si só árduo.
Estamos juntas
Obrigada por tudo e mantenha contato, pois sei que onde estiver será um sucesso.
Até breve

Edleusa Cupertino
Especialista em Violência Contra a Criança e Adolescente/USP
Analista em Gestão de Saúde/FIOCRUZ
Vigilância e Prevenção de Violências e Acidentes
Vigilância Epidemiológica da
Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo


Marta,

Nós da Vigilância de Violências de Porto Alegre, gostaríamos de agradecer pelos ensinamentos e desejar que prossigas nesse caminho de luta pelos direitos humanos e cultura de paz. Tivemos poucos contatos presenciais, mas eles foram fundamentais para o nosso trabalho (seguem em anexos algumas fotos). MUITO OBRIGADA!!

Sandra Kurtz e Maria de Fátima Géa
Equipe de Eventos Vitais Doenças e Agravos Não Transmissíveis Vigilância de Violências e Acidentes-VIVA CGVS/SMS/PMPA


Martinha, querida: a vida é um trânsito.
Continue gigante.
Um beijo,

Victor Pavarino

Martinha,

Primeiramente: Fora Temer!
Nesse momento político que o nosso país está passando a sua saída da Coordenação é mais uma perda e que todos os Estados e municípios irão sentir muito. Nesses últimos anos você foi (e continuará sendo) uma referência, por sua competência, dedicação e compromisso, na área de violência.
Sempre admirei muito a forma como você conduzia os trabalhos, com persistência e uma grande paciência e, porque não dizer com muita afetividade. E isso ninguém vai lhe tirar.
Quem perde somos nós, os profissionais e as pessoas em situação de violência, mas com certeza você deixou frutos.
Te desejo toda felicidade e sei que em qualquer lugar que esteja dará sua contribuição e terá sucesso.
Até breve!!!
Um grande bj

Cláudia Pereira

Martinha,

É uma pena que você saia da coordenação do PVT e acredito do ministério. Abrir mão de todo o conhecimento acumulado por você é um equívoco e demonstra como é a gestão pública no país. Agradeço muito pelas contribuições realmente efetivas que fez ao projeto de Belo Horizonte. Desejo que seja muito realizada na nova etapa de trabalho que se inicia.
Um grande beijo,

Jussara Bellavinha
Analista de Transporte e Trânsito – BHTRANS

Oi querida

Agradecemos muito por ter tido a oportunidade de tê-la conhecido em nossa trajetória profissional!
Você e Cheila sempre foram muito empenhadas e nos ajudaram a implantar diversas ações relacionadas às DANTs e prevenção da Violência em Florianópolis, incluindo o NUPREVI.
Somos muito gratas à vocês pois sempre tiveram paciência para nos auxiliar e sempre nos motivaram a seguir em frente com as ações.
Obrigada por tudo e temos certeza que você será muito feliz onde for e sempre fará a diferença na vida das pessoas pois és competente e comprometida!!

Grande abraço

Enfª Monich Melo Cardoso
A.S. Katia de Macedo Rebello
Departamento de Monitoramento e Controle de Agravos Estratégicos
Gerência de Vigilância Epidemiológica
Diretoria de Vigilância em Saúde

Martinha!

A Competência e Valorização de cada um está  dentro  ou fora  do Setor Trabalho, o seu trabalho na Coordenação foi de suma importância para todos nós. Trabalhar em Equipe é a melhor forma para um grande avanço e você quanto Coordenadora sempre valorizou a cada equipe dos Estados e Municípios.
A Equipe da Área Técnica de Acidentes agradece toda a Atenção, Apoio e Carinho que nos foi dado quanto Coordenadora Geral deste setor.
Estamos à disposição.
Att,

Área Técnica de Prevenção de Acidentes
GEDANT/DIVEP/SVS/SES-DF


parafraseando Belquior.....

Martinha,  nós compreendemos a sua solidão
O seu som, e a sua fúria e essa pressa de viver
E esse jeito de deixar sempre de lado a certeza
E arriscar tudo de novo com paixão
Andar caminho errado pela simples alegria de ser
Amiga querida é como esse verso parafraseado que você sempre encheu os nossos coração de coragem.

Bjsjsjsj

Dra. Verônica Gomes Alencar
Rede Iluminar Campinas de cuidados às vitimas de Violência
Núcleo de saúde da mulher, criança e adolescentes e promoção de cultura de paz
Departamento de Saúde
Prefeitura Municipal de Campinas/SP


Querida Martinha,

Fiquei muito triste com a sua saída da coordenação.
Todos perderemos, em especial o Projeto Vida no Trânsito, que caminhou, em grande parte, pelo seu entusiasmo e energia.
Sempre me senti acolhida, em casa, na sua companhia.
Desejo muitas felicidades e realizações nos novos rumos que vai seguir e espero que possamos nos encontrar e compartilhar outros projetos e trabalhos.
Com muito carinho e admiração.
Beijos,

Lúcia Paixão
Belo Horizonte – MG



Querida Marta,


Você foi a grande e principal responsável pelo meu aprimoramento e olhar mais crítico direcionados à área de Violências e Acidentes de Trânsito. 
É inegável a enorme contribuição que você deu à SES/SP em vários e diferentes momentos, permitindo o real empoderamento e qualificação de toda nossa equipe da Divisão de Doenças Crônicas que vem atuando fortemente no desenvolvimento das ações de Violências e Promoção da Saúde.
Que a vida possa lhe retribuir tanto no campo profissional como no pessoal todas essas gentilezas.  O nosso muito obrigado de toda equipe DANT do Estado de São Paulo.

Prof. Dr. Marco Antonio de Moraes
Diretor Técnico de Saúde Responsável pela Área de Doenças Crônicas e Promoção da Saúde do Estado de
Mensagem de  Marco Antonio  da  Secretaria  de  Estado  da  Saúde  de  São Paulo


“Martinha,

Ao vir para o Ministério, senti receio ao pensar sobre como seria trabalhar aqui. Mas pessoas conhecidas da UFG me sinalizaram que poderia ficar tranquila, pois trabalharia com uma ótima profissional. A expectativa foi atendida: ao entrar na CGDANT, constatei que agregado ao grande conhecimento técnico, você tem amor pelo o que faz. E além dessa competência técnica, você tem a humanização como algo inerente. Esses fatores fazem com que seja um ser diferenciado, que se destaca por onde passa.

Desejo que em sua trajetória, você continue se destacando, seja na militância pelo Sistema Único de Saúde, seja na amorosidade com que trata todos ao seu redor. Sentirei muita falta do seu abraço e “Bom dia” diários! E espero encontra-la muitas vezes, seja nos espaços de trabalho, seja em uma boa pamonharia goianiense.

Sinta meu forte abraço!”
Abraços,

Simoni


"Querida Martinha,

Foi com imenso pesar que recebi a notícia da sua saída da coordenação da CGDANT. Afinal, não é tão fácil encontrarmos no serviço profissionais que abraçam enormemente a causa, veste verdadeiramente a camisa e luta pelo o que acredita.
Seu envolvimento com o trabalho é contagiante e faz com que nos sintamos igualmente responsáveis pela empreitada. E é isso que é a verdadeira liderança.

Obrigada pela confiança que depositou em nosso trabalho e pelas oportunidades que me concedeu.
Ainda não posso deixar de dizer que ficam conosco os aprendizados, a sua alegria em nossos encontros, a seriedade no caminhar...
Você sempre será bem-vinda aqui!
Espero, de coração, que ainda tenhamos muitos trabalhos juntas.
Obrigada!!

Muito, muito, muito sucesso para você, seja qual for o caminho, seja qual for a escolha...
Com carinho,

Anne Marielle"
 

 


Fico muito triste por Martha Silva ter sido exonerada, ao mesmo tempo me sinto feliz por ter conhecido uma pessoa tão especial que sempre lutou pela melhoria do SUS.
Excelente profissional.
Felicidades Martha nesta nova jornada de vida, com certeza onde você estiver vai fazer o diferencial.
Obrigada por tudo

Dant Saúde


Querida Martinha

A equipe da GEDANT da SES-DF reconhece a sua importante contribuição como equipe técnica das DANT e Promoção da Saúde como também como gestora da Coordenação nacional de DANT/PS da SVS do Ministério da Saúde. Sentimos muito pela sua exoneração, mas a marca do seu trabalho e simpatia junto a nós que atuamos no DF certamente ficará como legado. Desejamos a você todo o sucesso nesta nova fase de sua vida profissional.
Com carinho da equipe GEDANT.


Kelva Aquino         
Gerência de Doenças e Agravos não Transmissíveis - Diretoria de Vigilância Epidemiológica


Mulher de fibra, de luta, determinada e comprometida com a construção de uma sociedade justa e fraterna.
Conviver com Martinha (pequenina no tamanho, mas grandiosa nos sonhos e nas realizações) é um permanente e rico aprendizado...
Ela encontra sentido em sua vida na vida do(a) outro(a).  E é a defesa da Vida que move esta pequena/grande mulher, que acredita no amor como caminho...
Martinha tem dedicado anos a fio na perspectiva de romper com ciclos de violência, pela defesa dos direitos humanos e por uma cultura de paz...
E com amor, fraternidade, coerência e ética, esta mulher tem feito história e contribuído para que muitas outras pessoas possam mudar o rumo de suas histórias.
Pela oportunidade de caminhar com ela e experimentar desse jeito doce e firme de lutar pela vida, só me resta dizer: Martinha, muito obrigada! Seguiremos juntas!!!

Morgana Rodrigues dos Santos


Martinha é sinônimo de Vigilância dos acidentes e violências no Brasil e por isso sabemos que sempre existirá "o período antes e depois da Martinha, na coordenação das DANT". As primeiras ações de vigilância, prevenção e controle das DANT que aprendemos e desenvolvemos como técnica na Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho, com certeza foram ecoadas pela Martinha. É por isso que agradecemos a essa técnica por tudo que aprendemos nesses 10 anos de trabalho, quando esteve a frente da coordenação de DANT. Desejamos também muito sucesso em seu próximo trabalho, conte conosco para qualquer momento. Muito obrigada

Régia Martins
Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental/DVEA
Secretaria Municipal de Saúde/Porto Velho/RO


Querida Martinha,

Quando fiquei sabendo de sua saída do MS, deu uma tristeza é um aperto no coração....... Mas sabemos que você deixou uma marca de bravura e dedicação e ainda, você conseguiu trazer para a agenda dos gestores um tema que sempre ficou a margem. Sabemos que eles não irão conseguir nos calar, a semente brotou e agora iremos trilhar com a sua bravura e dedicação o caminho desbravado e fortalecido por você e sua equipe de pessoas especiais.
Você com seu jeitinho bravo e sorridente, saiba que é um paradoxo rs.rs.rs.rs.rs. que lhe faz ser única, que nos cativou e nos fez acreditar que podemos fazer a diferença no dia-a-dia do nosso trabalho nessa capital, nesse estado e nesse país.
Beijos, beijos e beijos carinhosos, estamos aqui de braços abertos para lhe receber.

Railda Martins
Núcleo de Vigilância as Violência e Promoção da Saúde
Secretaria Municipal da Saúde de Goiânia


Martinha
Você fez história e conquistou admiração incontestável em cada parte do Brasil. Tenha certeza e guarde no seu coração o nosso agradecimento pela presença e apoio, pela firmeza e doçura. Obrigada, sobretudo, por ter contribuído (e muito...) para o avanço e reconhecimento das DANTs no Brasil.

Equipe DANT, Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (Ana Claudia Urpia, Rita Cal, Pablo Leal, Itana Barros e Soraia Castro)


MARTINHA

Uma voz delicada, um jeitinho especial,
Tem sempre um sorriso nos lábios e no coração,
Sabe conduzir, sabe o que é essencial,
Auxilia a todos, sem nunca dizer não.

Vai chegando de mansinho
Conquistando a todos com seu jeitinho
Coloca suas ideias de tal maneira
Que até penso que é mineira.

Fisicamente é baixinha
Gerencialmente uma gigante
Acredite nesta “pessoinha”
Que ela se garante.

Martinha, seu nome no diminutivo
Demonstramos aqui nosso carinho
Conviver com você é construtivo
Aprender com você foi um caminho.

Querida Martinha,
Agradecemos de coração todo o seu esforço, dedicação e luta para promover um sistema com menos violência, mais paz e mais saúde!
Certamente o seu trabalho não foi em vão!
Com carinho,


Equipe da Vigilância em Saúde de Belo Horizonte
Equipe PVT Belo Horizonte



Marta Maria,


Acompanho mais de perto o seu trabalho e gostaria de ter palavras para descrever a importância dele para o enfrentamento as violências em nosso país.



Aqui em nossa cidade, em nosso estado as pessoas não têm a noção do reconhecimento nacional - serviços e academia, do trabalho desenvolvido por você. Todavia, o nome Marta Silva já está na História da Vigilância as Violências e da Promoção da Saúde. Vão passar os anos e quem for buscar informações sobre a origem e a implementação da vigilância as violências e acidentes no SUS vão ter que citar o nome da Marta Maria Alves da Silva.

Parabéns Maria, muito orgulho de seu trabalho.

Cida Alves
Núcleo de Vigilâncias as Violências e Promoção da Saúde
Secretaria Municipal da Saúde de Goiânia


















































































Fotos: acervo da Nell Pureza, Rosane Monteiro, Sandra Kurtz, Ana Amélia Pedroso, Morgana Santos, Naoko Silveira, Mariana Freitas