8 de jul de 2010

CONVITE

.

A Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), por intermédio das Áreas Técnicas de Saúde da Criança e Aleitamento Materno e Saúde do Adolescente e do Jovem, do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPES), convida Vossa Senhoria para participar do evento: Políticas de Saúde para Crianças e Adolescentes: 20 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente, que se realizará no dia 15 de julho de 2010, no auditório Emílio Ribas, localizado na Esplanada dos Ministérios Bl. G Ed. Sede. Térreo. Brasília-DF.

Nos 20 anos do ECA pode-se comemorar as conquistas nas políticas de saúde, a exemplo da redução da mortalidade infantil, resultado de um conjunto de programas, ações e estratégias de promoção da saúde e da atuação da Estratégia de Saúde da Família. Por outro lado, observa-se a mudança no perfil dos problemas de saúde do País. As causas externas (acidentes e violências) ocupam a primeira causa de morte na faixa etária de 1 a 19 anos. Menos visível, porém mais disseminados, são os efeitos da violência e do sofrimento individual de crianças e adolescentes, que podem se perpetuar durante a infância e a adolescência, com consequências até a idade adulta, constituindo-se em desafios para os gestores, profissionais de saúde e toda a sociedade.

Este evento tem como objetivo apresentar um balanço dos 20 anos das políticas de saúde voltadas para crianças e adolescentes: CONQUISTAS E DESAFIOS, e oportunamente será lançado o documento: “Linha de Cuidado para a Atenção Integral à Saúde de Crianças, Adolescentes e suas Famílias em Situação de Violência – Orientações para gestores e profissionais de saúde”.

Atenciosamente,
Ministério da Saúde/Fundação Oswaldo Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)