14 de mai de 2016

Sobre ideais, resistências e amor – Benedetti, Cervantes e Deleuze



“Mas minha geração vai construir tudo de novo”
“Quando eu chegar vou ficar horas te abraçando”
(Mensagens de Clara Alves e Cecília Alves tentando me consolar)

_____________________


"No te rindas, por favor no cedas,
Aunque el frío queme,
Aunque el miedo muerda,
Aunque el sol se esconda,
Y se calle el viento,
Aún hay fuego en tu alma
Aún hay vida en tus sueños.
Porque la vida es tuya y tuyo también el deseo
Porque lo has querido y porque te quiero
Porque existe el vino y el amor, es cierto".

Mario Benedetti




Dom Quixote

"Viverá pra sempre em nosso coração
O moinho vento nova geração
Um menino vai crescer
Procurando em cada olhar o amor [...]

Tanta gente se esconde do sonho com o medo de sofrer
Tanta gente se esquece que é preciso viver
Combater moinhos, caminhar entre o medo e o prazer".

Cesar Camargo Mariano & Lula Barbosa




Documentário Don Quixotes de La Mancha – Grandes livros“Os ensinamentos de Don Quixote são repetidos muitas vezes na nossa vida e Don Quixote sem saber dizia o mesmo que pessoas... como eu dizem: ‘Lute para conseguir algo importante... mantenha os olhos para cima’. [...] Se um ser de outro mundo nos perguntasse o significado da vida, era só lhe dar Don Quixote e dizer que essa é a nossa defesa da vida humana. E isso é tudo!" (Documentário Don Quixotes de La Mancha – Grandes livros )

Foto divulgada pela UOL 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)