11 de mai de 2016

2° Seminário não desvie o olhar: Diga não à exploração sexual - Goiânia, 20 de maio


2° Seminário não desvie o olhar: Diga não à exploração sexual
20 de maio
Local: Associação dos Magistrados do Estado de Goiás - ASMEGO - rua 72, nº 192 - Jardim Goiás - Goiânia (GO)

Programação
8:00 – Credenciamento
8:30 – Apresentação da Banda da Polícia Militar
8:40 – Abertura
Desor Gilberto Marques Filho – Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Goiás
Dr. Lauro Machado Nogueira – Procurador-Geral de Justiça de Goiás
8:50 - Apresentação do Coral Infantil
9:00 – Apresentação da Cartilha, dos resultados da Meta 3 da CGJ e outras questões
10:30 – Palestra
Dr. Leonardo Faria – Psicólogo Criminal da Polícia Técnico-Científica do Estado de Goiás
11:10 – Debates
Coordenadora da Mesa - Dra. Renata Vanzella Barbieri - Vice-Presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB/GO
Dra. Aliciana Oliveira de Freitas - Psicóloga DPCA de Goiânia.
11:30 – Debate aberto aos participantes
12:00 – Intervalo para o almoço
13:30 – Vídeos
13:50 – Palestra
Marleci Venério Hoffmeister - -Analista do TJRS e Tutora do Conselho Nacional de Justiça/CNJ
14:30 – Debates
Coordenadora da Mesa - Dra. Maria Socorro de Sousa Afonso da Silva
Dr. Rinaldo Aparecido Barros – Juíz de Direito do Juizado Cível e Criminal da Comarca de Jaraguá
Dra. Karina D’Abruzzo – Promotora de Justiça coordenadora do CAO da Infância e Juventude do MP
Dra. Paula Meotti – Delegada Titular da DPCA de Goiânia
16:00 Encerramento

Realização:
Tribunal de Justiça do Estado de Goiás
Corregedoria Geral do Estado de Goiás
Coordenadoria da Infância e Juventude - TJGO
Rede de Atenção a Crianças, Adolescentes, Mulheres em Situação de Violência
Ministério Público do Estado de Goiás
Juizado da Infância e Juventude de Goiânia
ASMEGO
EJUG
OAB

LINK para inscrição:

Foto divulgada pelo site do MPGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)