1 de nov de 2015

Nise da Silveira, uma mulher que amava as pessoas.

Muito indignada com os retrocessos promovidos em nosso país pelos “[...] Homens Que Não Amavam as Mulheres”, planejei ontem à noite indicar o filme que leva esse nome na postagem de domingo.

Todavia, eis que a manhã de hoje me oferece uma linda surpresa. O filme que conta a história de Nise da Silveira, uma verdadeira heroína nacional, vence o Festival de Tóquio.

Para celebrar tamanha conquista, deixo com vocês a indicação do filme “Nise - O Coração da Loucura” que narra a história de uma mulher que amava as pessoas.

 

2014-774427884-im-3nise-com-os-clientes.jpg_20141208

Todo mundo deve inventar alguma coisa, a criatividade reúne em si várias funções psicológicas importantes para a reestruturação da psique. O que cura, fundamentalmente, é o estímulo à criatividade.”

 

nise20da20silveira

 

Não se curem além da conta. Gente curada demais é gente chata. Todo mundo tem um pouco de loucura. Vou lhes fazer um pedido: Vivam a imaginação, pois ela é a nossa realidade mais profunda. Felizmente, eu nunca convivi com pessoas ajuizadas".

 

nise

“Não faz parte do meu vocabulário recuar, devemos sempre ir em frente. Anda-se para o futuro

Nise da Silveira


"Nise" leva troféu de melhor filme em Tóquio; Glória Pires é premiada

Filme brasileiro vence o Festival de Tóquio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)