8 de abr de 2013

Em tempos de barbárie: 27 moradores de rua são assassinados em Goiânia

Força tarefa investiga assassinatos de moradores de rua em Goiânia

Moradores de rua assassinados em Goiânia

Manifesto em repúdio aos assassinatos de moradores de rua

 


“O coordenador do Centro de Direitos Humanos tem outra opinião. ‘Tem situações em que há uma clara simulação. Quando eu vejo três pessoas descerem de um carro e matarem dois moradores a pauladas, como foi o caso desse penúltimo assassinato, eu creio que estão dissimulando a forma de assassinar’, avalia Eduardo Mota, coordenador do Centro de Direitos Humanos de Goiás.

Maria Madalena Patrício, que trabalha com moradores de rua há 30 anos, defende uma ação policial integrada. ‘É uma questão muito grave, a  Polícia Federal precisa ajudar a resolver o que está acontecendo em Goiás’”.


REPORTAGEM DO FANTÁTICO SOBRE OS ASSASSINATOS DE MORADORES DE RUA AQUI

 

Mas barbárie:

PMs são presos suspeitos de envolvimento em mortes de jovens em SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)