1 de mar de 2012

Faculdades da UFG divulgam moções de repúdio às ações da Secretaria Estadual de Educação de Goiás


Greve dos Professores de Goiás

As unidades questionam decisões da secretaria e apoiam os professores em greve. Acesse os documentos na íntegra

A Faculdade de Educação, a Faculdade de Letras, a Faculdade de Educação Física e o Instituto de Estudos Socioambientais da UFG publicaram moção de repúdio às ações da Secretaria Estadual de Educação de Goiás em relação à carreira e à greve dos professores da rede estadual.

Em suma, os documentos questionam decisões da Secretaria que provocaram o desejo de paralisação dos trabalhadores. Os documentos ainda repudiam qualquer tentativa do governo do estado de Goiás de retaliar grevistas. Também é destacado o impacto que a precarização da carreira dos professores tem para os cursos de licenciatura da UFG.

Para ler os documentos clique nos links abaixo:

Moção de repúdio da Faculdade de Educação

Moção de repúdio da Faculdade de Letras

Moção de repúdio da Faculdade de Educação Física

Moção de repúdio do Instituto de Estudos Socioambientais

Moção de repúdio da Faculdade de Filosofia

Moção de repúdio da Faculdade de História

Moção de repúdio do Instituto de Matemática e Estatística


Moção de repúdio da Faculdade de Ciências Sociais

Enviado por Walderês Nunes Loureiro, doutora em educação e ex-secretaria de educação de Goiânia, em 29 de fevereiro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)