17 de out de 2016

Nota de solidariedade a Fabiola Sulpino Vieira - Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco)

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva – Abrasco – vem a público por meio desta nota prestar solidariedade e apoio irrestrito a Fabiola Sulpino Vieira, doutora em Saúde Coletiva e até recentemente Coordenadora de Estudos e Pesquisas de Saúde na Diretoria de Estudos e Políticas Sociais (Disoc) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Fabiola pediu exoneração do cargo na última quinta-feira, 13 de outubro, após Ernesto Lozardo, presidente do Instituto, publicar no site do Ipea nota pública contestando os dados da Nota Técnica A Os impactos do Novo Regime Fiscal para o financiamento do Sistema Único de Saúde e para a efetivação do direito à saúde no Brasil (Nota Técnica Nº 28 Disoc/IPEA) e declarando apoio à PEC 241/2016.

Ao afirmar que a PEC 241 pode resultar em perdas de até R$ 743 bilhões para a saúde nos próximos 20 anos, Fabiola e Rodrigo Benevides, também coautor da Nota Técnica Nº 28, cumpriram estritamente com suas funções, produzindo um documento que explica os reais impactos do congelamento do piso do gasto federal com saúde para o financiamento do SUS.

O pedido de exoneração da servidora não é apenas uma posição pessoal, como tenta indicar a nota da presidência do Ipea. É, em verdade, um grito de alerta sobre os rumos que temas tão caros à Abrasco, como a liberdade expressão e o espaço do debate público, vem tomando no país. A Fabiola, nosso total apoio e solidariedade.

Rio de Janeiro, 14 de outubro de 2016
Associação Brasileira de Saúde Coletiva – Abrasco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)