18 de fev de 2016

Nota de apoio aos estudantes secundaristas goianos - Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCAGO)




O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCAGO, em sua reunião ordinária de 16 de fevereiro de 2016 deliberou pela publicização de NOTA DE APOIO aos estudantes secundaristas goianos que reivindicam a garantia do direito constitucional à Escola Pública de Qualidade. A luta dos estudantes está em pleno acordo com o artigo 53 do Estatuto da Criança e do Adolescente, especificamente nos incisos:

IV - direito de organização e participação em entidades estudantis;
V - acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência.

          O Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes - no eixo que trata do PROTAGONISMO E PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES, defende o “fomento de estratégias e mecanismos que facilitem a participação organizada e a expressão livre de crianças e adolescentes, em especial sobre os assuntos a eles relacionados, considerando sua condição peculiar de desenvolvimento”. Nesse sentido, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCAGO), cumprindo o dever institucional que o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990) outorga-lhe, exige da Secretaria Estadual de Educação e do Governo Estadual de Goiás a retomada do diálogo com os estudantes e que seja assegurada a livre manifestação do movimento estudantil.

Conselheiros e Conselheiras de Direitos do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCAGO) - Goiânia, 16 de fevereiro de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)