10 de abr de 2014

“Ursinho Elo”, tecnologia restaurando vínculos afetivos

 

Poema dos afetos

“Que as feridas fecham-se
Que as portas não devem fechar-se
Que a maior porta é o afeto
Que os afectos definem-nos…”

Poema de los afectos

"Que las heridas se cierran,
Que las puertas no deben cerrarse,
Que la mayor puerta es el afecto,
Que los afectos nos definen…”

Mario Benedetti

 

No Hospital Amaral Carvalho, ursinhos com tecnologia inovadora levam mensagens de familiares e amigos às crianças com câncer. Isoladas de seus círculos afetivos, as crianças internadas diminuem a solidão recebendo mensagens de voz via WhatsApp a qualquer hora. Basta apertar a mão do ursinho "Elo".

 

Enviado pela psicóloga Eliane Loide em 09 de abril de 2014.

 


 

Poema dos afetos – Mario Benedetti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)