10 de out de 2012

Não permita que seu preconceito e intolerância alimentem a industria da guerra

Não quero alimentar com o meu ódio o fabuloso lucro da indústria de armas. Se depender de minha vontade e ação essa indústria irá à banca rota!

 

Os gestos de paz são sempre revolucionários, pois apostam na igualdade da condição humana, apostam na crença de que todos tem o direito de compartilhar desta casa chamada Terra.

 


 

YE MIDEAST ISRAEL PALESTINIANS DAILY LIFE

 A indústria dos armamentos é uma das mais lucrativas do mundo e gera trilhões de dólares, que vão para as mãos dos mercadores da morte, que leva à catástrofes humanitárias em várias partes do mundo”*.

 


Enviado por Maria Aurora Neta Neta, mestre pelo Programa de Pós-graduação da Faculdade de Pedagogia da Universidade Federal de Goiás e doutoranda pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, em 08 de outubro de 2012.

*Fonte: fragmento da matéria foi publicada na Edição 414 do Jornal Inverta, em 05/07/2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)