10 de jul de 2011

O Educar Sem Violência apóia a campanha do desarmamento


Campanha Nacional do Desarmamento 2011:
Tire uma arma do futuro do Brasil





Para estimular e facilitar o recolhimento, a campanha apresenta quatro novidades:

o anonimato para quem entregar a arma;

a inutilização da arma já no ato da entrega;

a agilidade no pagamento da indenização, realizado no máximo até 30 dias após a entrega;

e a ampliação da rede de recolhimento para além das delegacias da Polícia Federal.


O Ministério da Justiça informou que, em dois meses, a Campanha Nacional do Desarmamento 2011 já recebeu 9.160 armas e 30.901 munições. Até agora, os revólveres calibre 38 lideram a lista dos armamentos recebidos pelas Polícias Federal e Rodoviária Federal. São 2.436, o que representa 26,5% do total. Depois vêm os revólveres calibre 32, com 1.110 unidades (12%). Foram entregues ainda 32 fuzis, quatro metralhadoras e duas submetralhadoras. Veja mais no Hnews


No Guará (DF), uma escola fez uma gincana inspirada na Campanha Nacional de Desarmamento (veja vídeo). Os alunos foram incentivados a se desfazer de armas de brinquedo e de jogos violentos. Fonte: G1 em 07 de julho de 2011.


A campanha será realizada até o dia 31 de dezembro.
Depois dessa data, ainda será possível entregar as armas.


Veja ainda

Maioria das brasileiras mortas por arma de fogo e vítima de violência doméstica

Brasil tem o maior número de mortes por armas de fogo


Nordeste é líder em mortes por arma de fogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)