5 de jun de 2011

Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia: comemorar o quê?

No Pará, onde casal ambientalista foi morto em emboscada (24 de maio),
apenas mandante de matar missionária está preso. Foto: AFP/Carta Capital

Nos últimos 25 anos, 1.614 pessoas foram assassinadas no Brasil em decorrência de conflitos no campo. Até hoje, apenas 91 casos foram julgados - e resultaram na condenação de 21 mandantes e 72 executores. Isso significa que a Justiça no Brasil levou às grades um criminoso para cada 17 pessoas assassinadas em todos esses anos.


Conflito no campo: um condenado para cada 17 assassinatos

Retrocesso do Novo Código Florestal

“Eles vaiaram um duplo assassinato. É uma coisa sem sentido, promovida pelos interessados diretos no projeto, os beneficiados por essa modificação. Foi algo grotesco”, disse Sarney Filho. “Foi algo simbólico. Ficou claro que, durante a discussão do projeto, a vida humana é o que menos importava. Imaginava que fizessem um silêncio reverencioso, e que se lamentasse, em solidariedade, a morte dessas pessoas que eram muito admiradas” (Deputado Zequinha Sarney).

Vaias contra casal foram ‘grotescas’, diz deputado

Grotesco: ruralistas debocham de assassinato de ambientalistas






Pastoral da Terra divulga lista de 30 ambientalistas ameaçados de morte


Ministros se reunirão com 15 ambientalistas ameaçados de morte




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)