17 de set de 2016

"Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo" - "Desconfíen del acto mas trivial y en apariencia sencillo" - Bertold Brecht

 
Pedro Guimarães Lins Machado - Rio de Janeiro 2015



 Catarina Fernandes e João Porfírio - Lisboa 2015

 
"Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural, nada deve parecer impossível de mudar".

Bertolt Brecht 



 Marcelo Camargo - Brasília, setembro de 2016



 Catarina Fernandes e João Porfírio - Lisboa 2015



Desconfíen del acto mas trivial y en apariencia sencillo y examinen sobre todo lo que parezca habitual. Les suplicamos expresamente no acepten lo habitual como una cosa natural, porque en tiempos de desorden sangriento, de confusión organizada, de arbitrariedad conciente de humanidad deshumanizada nada debe parecer natural, nada debe parecer imposible de cambiar."


Bertolt Brecht

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)