11 de ago de 2016

Mesa Redonda: Violência e Stress Pós-Traumático - XXII Jornada de Psiquiatria do Centro-Oeste\III Jornada Goiana de Psiquiatria



A XXII Jornada de Psiquiatria do Centro-Oeste\III Jornada Goiana de Psiquiatria realizará amanhã (12 de agosto) uma Mesa Redonda com o tema: “Violência Stress Pós-traumático”.

Expositoras:



 



Psiquiatra Luciana Porto – São Paulo

Graduada em medicina pela Universidade Federal de Goiás (2003) e em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas - SP (1996). Concluiu a residência médica em psiquiatria pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (2006). Especializou-se em psicoterapia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2007). Atualmente é mestranda em psiquiatria pela UNIFESP e pesquisadora do Programa de Atendimento e Pesquisa em Violência - PROVE/UNIFESP.




Psicóloga Cida Alves – Goiânia

Psicóloga especialista em atendimento a pessoas em situação de violência (início 1996). Doutora em Educação pela UFG com o tema violência física contra crianças (2013). Consultora Colaboradora da Área Técnica de Vigilância as Violências e Promoção da Saúde - Ministério da Saúde (início 2009). Conselheira Estadual de Direitos de Crianças e Adolescentes - representante do Conselho Regional de Psicologia de Goiás (início 2015). Psicóloga do Núcleo de Vigilância as Violências e Promoção da Saúde - SMS de Goiânia (início 2004). Integrante da Rede Não Bata Eduque (início 2009). Blogueira administradora do blog Educar Sem Violência e Ativista Digital (início 2009).


Moderadora: Lucena Rosa – Psiquiatra e Psicoterapeuta

Data: 12 de agosto de 2016
Horário: 15h00min as 16h30min
Local: Cremego – Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás – Rua T27, Qd. 24, Lt 13\12 – Setor Bueno\Goiânia (GO)

Acesse a programação completa AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)