31 de ago de 2016

31 de agosto de 2016, valei-nos Darcy Ribeiro!

 

Fracassei em tudo o que tentei na vida. Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui. Tentei salvar os índios, não consegui. Tentei fazer uma universidade séria e fracassei. Tentei fazer o Brasil  desenvolver-se autonomamente e fracassei. Mas os fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu".

Darcy Ribeiro



Darcy Ribeiro, sobre a elite brasileira.  
“Uma nação na qual a classe dominante é constituída de filhos e descendentes de senhores de escravos, leva na alma o pendor, o calejamento do senhor de escravos.

Quem é o senhor de escravos? É aquele que compra outro homem e que o negócio dele é tirar desse homem, com chicote, a renda que esse homem pode dar.

Enquanto o escravo está condenado a lutar pela sua liberdade e ir para seu quilombo, o senhor de escravos faz o contrário. Está condicionado a usar o escravo como carvão que se queima na produção, para obter mais lucro.

Uma classe dominante de senhores de escravos está marcada por essa natureza.

Quando, além do senhor de escravos, ela é representante de interesses ingleses, e, depois, de norteamericanos, quando ela não é mais proprietária, mas gerente de interesse estrangeiros, ela é uma classe dominante pervertida.”




Créditos da foto: Arquivo FunDar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)