4 de out de 2010

Cyberbullying: a violência virtual

Uma história de invasão de privacidade chocou os Estados Unidos. Um jovem se matou três dias depois de que imagens dele trocando carícias com um homem foram parar na internet. A divulgação do vídeo pode ter levado o universitário a se matar.

Tyler Clementi, de 18 anos, morava em um dormitório de universidade, no estado de Nova Jersey. Ele dividia o quarto com o colega Dharum Ravi, para quem pediu um pouco de privacidade. Ravi saiu, mas deixou uma webcam ligada, gravando tudo o que acontecia no quarto. As imagens gravadas mostravam Tyler beijando outro homem.

O ministério público acusa Ravi e outra estudante de jogarem as imagens na internet sem permissão. Em uma rede social, Ravi escreveu que tinha ligado a câmera para gravar o encontro.

Tyler era tímido e nunca falou com a família sobre sua orientação sexual. Ele avisou pela internet que iria se jogar de uma ponte e se matou.

Os dois estudantes envolvidos no cyberbullying podem ser punidos com cinco anos de cadeia. Promotores acreditam que a divulgação do vídeo esteja relacionada ao suicídio.



A educação de nossos filhos e alunos deve ter como alicerce a solidificação de valores como o da solidariedade, do companheirismo, da compaixão e do respeito as diferenças. Pais e professores, quando deixaremos de menosprezar a dor sofrida por crianças e jovens em função da prática diária de humilhações e de taques físicos deferidas por colegas na escola?

Essas práticas não são coisas de criança, uma mera brincadeira inofensiva. São violências que costumam resultar em tragédias ou em sofrimentos que afetam negativamente a vida de muitos meninos e meninas. É importante estarmos atentos ao bullying, protegendo as vítimas e desenvolvendo ações de prevenção desta forma de violência, pois como educadores não podemos “aceitar sossegado qualquer sacanagem ser coisa normal"*.



Saiba mais acessando a reportagem e os vídeos abaixo:


"A responsabilidade pela prevenção do cyberbullying é de todos"











Fonte: Jornal Hoje on line - Edição do dia 01/10/2010 e site criança segura.

* Fragmento da música "Bola de meia, bola de gude" do 14 Biz.

Um comentário:

  1. Gostei muito deste Blog e pretendo levá-lo ao conhecimento de meus alunos, obrigado!

    ResponderExcluir

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)