23 de set de 2010

A coragem de um ex-soldado americano

.




.


AS “PRIORIDADES” DO MUNDO

Gastos Anuais


Educação básica para todos* US$ 6 BILHÕES

Cosmético nos EUA US$ 8 BILHÕES

Água e saneamento básico para todos* US$ 9 BILHÕES

Sorvete na Europa US$ 11 BILHÕES

Saúde básica e nutrição para todos* US$ 13 BILHÕES

Cigarros na Europa US$ 50 BILHÕES

Bebidas Alcoólicas na Europa US$ 105 BILHÕES

Despesas Militares no Mundo US$ 780 BILHÕES


*ESTIMATIVA PARA ATINGIR ACESSO UNIVERSAL A SERVIÇOS SOCIAIS BASICOS EM TODOS OS PAISES EM DESENVOLVIMENTO.

HUMAN DEVELOPMENT REPORT, 1998.




Mercado Interno

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o valor das vendas de arma de fogo no país, em 2003, alcançou a cifra de R$ 344 milhões. Esse foi o movimento financeiro no mercado interno. Apesar de alto, os principais lucros alcançados pelas fabricantes advém das exportações. Relatório anual sobre transferência de armas divulgado em agosto de 2005 pelo Departamento de Pesquisa do Congresso norte-americano revelou que os dez maiores exportadores de armas do mundo venderam o correspondente a US$ 22 bilhões, em 2004.

Esse mercado é dominado pelos EUA e pela Rússia, mas, surpreendentemente, o Brasil já ocupa o nono lugar em exportações de armas, a maioria das quais têm como destino preferencial países em desenvolvimento, como é o caso da Índia. Só em 2004, o Brasil lucrou mais de US$ 300 milhões em venda de armamentos, um lucro bem superior ao obtido no mercado interno.


Mercado externo

O Think-Thank belga GRIP - Grupo de Investigação e Informação sobre a Paz e a Segurança, acaba de publicar o compendium 2010 sobre despesas militares, produção e transferências de armas. De acordo com esse documento, as despesas militares mundiais em 2008 foram de 1.464 mil milhões de dólares

Segundo Luc Mampaey, autor deste relatório e
responsável no GRIP pela linha de investigação de "Europa, segurança colectiva e mundialização", as despesas militares mundiais em 2008 (1.464 mil milhões de dólares) aumentaram 47% em relação a 1998, data em que se cifravam em 834 mil milhões de dólares, "isto é o nível mais baixo do período 1998/2008". Estas despesas para 2008 representam 2,4% do produto interno bruto mundial e cerca de 217 dólares por habitante. Só aos Estados Unidos, cabem 41,5 % deste total.


As cifras a cima monstram porque é crucial, para os "senhores da guerra", construir uma mentalidade social que tenha dentre os seus fundamentos:








A compreensão de que
os
diferentes são inferiores.
Aos inferiores qualquer tipo de tratamento é permito.













A certeza de que os conflitos,
as diferenças interpessoais ou grupais só
podem ser resolvidos por meio da violência.








A edificação de um ideal de
sucesso masculino centrado na idéia
de dominação, de supremacia sobre o outro.







2 comentários:

  1. É muito triste isso,
    o pior me parece que todo
    país tem um ministério da guerra
    não conheço nenhum que tenha
    um ministério da paz.

    Denilson Pereira Rosa Pereira

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por sua incansável
    luta pelos direitos
    humanos da criança.

    Um abraço

    Arcangelo Scolaro

    ResponderExcluir

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)