30 de mai de 2013

Mais um episódio do FAROESTE GOIANO: encontrado paredão e cemitério clandestino em Goianira

 

cisterna Cemitério Clandestino

Policiais trabalham no resgate do corpo encontrado em cisterna (Foto: Gabriel Trindade/G1)

A Polícia Civil encontrou no final da manhã desta quarta-feira (29), em um lote abandonado do Bairro Nova Goianira, em Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia, partes do corpo de um homem ainda não identificado dentro de uma cisterna de aproximadamente 30 metros de profundidade. De acordo com delegado do Grupo Especial de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Alexandre Lourenço, uma testemunha indicou o local como um cemitério clandestino usada por um grupo de extermínio denunciado na região.

Paredão
No terreno, os policiais também encontraram um muro que possivelmente serviria para “fuzilar” pessoas. "Foram extraídos 17 projéteis de arma de fogo, algumas cápsulas e alguns outro elementos", informou. Os projéteis foram levados para exame de perícia.

Lourenço não descarta a possibilidade do local ter sido usado pelo grupo para tortura. "Tem alguns sinais no chão e uma roupa que estava impregnada com uma substância que a gente não pode definir qual é, mas que se assemelha a sangue. Esses objetos foram apreendidos e encaminhados para o Instituto de Criminalística para que seja periciado". afirmou.

Veja reportagem completa AQUI


Veja mais sobre a “Operação Resgate”:

Morador relata medo em cidade onde 60% dos PMs foram presos: 'faroeste'

PMs estão entre os 100 presos em ação da Polícia Civil, em Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)