10 de mar de 2013

Entre a ação e espera: a experiência que fica!

Estimado(a) Leitor(a),

Deixo com você nesse domingo duas belíssimas interpretações coreográficas de Jorge Donn do Bolero de Ravel, para que experimente em seu corpo o tempo, o compasso. E quem sabe perceba o que a alternância entre ação e espera – elementos que compõe o ritmo, lhe provoca. Êxtase, ânsia… tédio... exaustão…sinta, veja e identifique o efeito da dança e da música em você.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)