2 de nov de 2010

O blog Educar Sem Violência adere ao movimento "Orgulho de ser nordestino"



.




Tenho orgulho de ser filha e neta de nordestinos e de saber que esse povo lutador ajudou a eleger a primeira mulher presidenta do Brasil.






Sou cabra da peste

"Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrê
Não nego meu sangue, não nego meu nome.
Olho para a fome , pergunto: que há ?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará."

Patativa do Assaré (poeta da caatinga)

O processo eleitoral de 2010 descortinou a força viva de visões arcaicas, atrasadas que expressam o seu virulento preconceito contra os nordestinos, os homossexuais e as populações que vivem nas periferias das cidades e dos grandes centros urbanos do país. Abaixo mais uma mostra da mentalidade discriminatória que ainda sobrevive no Brasil.


O preconceito é aqui

"A culpa é do Nordeste."
A região "só nos fode". Quem, aliás, "é a favor de jogar uma bomba no Norte e (principalmente) no Nordeste" levanta a mão.

Mas "deplorável" mesmo "é pensar que o Nordeste escolhe o presidente, mas nós que pagamos a conta".

Injuriados com a escolha do sucessor de Lula, simpatizantes do tucano José Serra decidiram atacar a região que, desde o começo da campanha, deu a Dilma Rousseff (PT) larga folga nas intenções de voto.

Essas declarações foram coletadas entre 20h e 21h deste domingo, após uma busca no Twitter por mensagens com a palavra "Nordeste".

Algumas mensagens criticam a desqualificação dos nove Estados, tratados por muitos como um país à parte. Mas a maioria dos tuítes responsabiliza os nordestinos pela "derrota da democracia" nas urnas.

No Nordeste (25% dos eleitores brasileiros), a petista tinha, na antevéspera das eleições, 63% das intenções de voto, contra 30% do tucano, segundo pesquisa Datafolha.










Conheça alguns dos twitter´s que disseminaram preconceitos contra os nordestinos, aqui




Fonte:
Material escrito por Anna Virginia às 21h24 – Folha On Line - 31/10/2010.


IMPERDÍVEL

Leia o texto: "O maiô de Dona Marisa, ou: quem são os verdadeiros jecas do Brasil?
de Rodrigo Nunes - doutor em filosofia pelo Goldsmiths College, Universidade de Londres, pesquisador associado do PPG em Filosofia da PUCRS (com bolsa PNPD – CAPES), e editor da revista Turbulence (www.turbulence.org.uk).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)