14 de out de 2014

SEMINÁRIO: PRIMEIRA INFÂNCIA: INFÂNCIA EM PRIMEIRO LUGAR – Ministério Público da Bahia–13 de outubro de 2014.

DSC03682

Márcia Guedes – coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude, em seu emocionado e comovente pronunciamento de abertura.

O Ministério Público do Estado da Bahia, na pessoa de sua coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude -Márcia Guedes, foi seguramente um dos grandes protagonistas na luta pela aprovação da “Lei Menino Bernardo”.

Desde 2010 esse Centro de Apoio Operacional, em parceria com movimentos sociais de defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes da Bahia, priorizou o tema dos castigos físicos e humilhantes em seus Seminários. E mais, no seminário de 2010 organizou um abaixo assinado que contou com centenas de assinaturas em apoio ao então Projeto de Lei 7672 – 2010.

 

DSC03669

 

DSC03670

 

DSC03671

Uma grande participação e uma alta qualidade da discussão foi a marca do  “Seminário: primeira infância: infância em primeiro lugar”

 

DSC03655

 

DSC03657

 

DSC03674

 

DSC03675

 

DSC03680

O Coral do Ministério Público do Estado da Bahia fez a abertura cultural do seminário e claro, encheu de beleza a manhã do dia 13 de outubro.

 

DSC03683

Maria Pilar Menezes - Coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Educação

 

DSC03685

Márcio Fahel – Procurador-Geral de Justiça da Bahia em seu pronunciamento de abertura

DSC03689

 

DSC03686

 

DSC03690

 

DSC03693

Cintia Guanaes - Promotora de Justiça da Infância e Juventude, faz o lançamento da campanha de educação inclusiva “Todas as escolas são para todos os alunos”.

 

DSC03696

Ely Harasawa - Gerente de Programas Fundação Maria Cecília Souto Vidigal - em uma brilhante exposição, deixo claro por que é importância priorizar o investimento na Primeira Infância. Atenção: em breve o blog Educar Sem Violência vai compartilhar a apresentação de Ely Harasawa.

 

DSC03698

Em um formato de exposição interativa, os componentes da mesa “Violência Sexual, Castigos Físicos e 1ª Infância e a Lei nº 13.010/2014 – (Lei menino Bernardo)” responderam as questões dos participantes do  “Seminário: Primeira Infância: Infância em Primeiro Lugar”.

Da esquerda para direita: Márcia Oliveira - Coordenadora da Campanha permanente da Rede Não Bata, Eduque, Maristela Cizeski – Coordenadora nacional da Pastoral da Criança - Conselheira do COANADA, Cida Alves – Psicóloga da Divisão de Vigilâncias e Promoção à Saúde da Secretaria Municipal da Saúde de Goiânia, Márcia Guedes – Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude e Walter Ribeiro Costa Junior - Juiz Titular da 1ª Vara da Infância e Juventude.

 

DSC03707

A mesa "Educação na 1ª infância" contou com a participação de Cintia Guanaes - Promotora de Justiça da Infância e Juventude, Márcia Guedes – Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude, Marília Dourado - Representante Nacional da Redsolare Brasil, Joelice Ramos Braga – Presidente do Conselho Municipal de Educação Municipal, Lilia Maria Souza Barreto - Representante Secretaria de EDUCAÇÃO CONTINUADA, Alfabetização, Diversidade e Inclusão - SECADI/MEC, Maria Elmira Evangelina do Amaral Dick - Promotora de Justiça do Estado de Minas Gerais e Ana Maria Silva Teixeira - Presidente do Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia.

 


Fotos: Eleonora Ramos e Cida Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)