21 de mar de 2015

Cálice - Chico Buarque e Gilberto Gil

A história da construção da música "Cálice"



“A ideia do tormento, do sofrimento físico [...] pela tortura e a censura com cálice do calar-se. [...] Eu tive mesmo muita dificuldade de lidar com a música “Cálice”, na verdade eu tenho até hoje, porque ela é sobre essa coisa, sobre a dor, sobre o tormento, sobre a repressão, sobre a censura. E tem essa história do pai [...] eu tenho a impressão que mais por aí. Essa imagem da primeira pessoa da santíssima trindade, não é? Com sua sombra permanente sobre nós. Essa ideia da paternidade como assalto à autonomia de uma individualidade. A sombra do pai” (Gilberto Gil).


O dia da censura





"Sempre é dia de ironia no meu coração...
o inimigo eu já conheço.
Sei seu nome, sei seu rosto, residência e endereço.
A voz resiste. A fala insiste: você me ouvirá.
A voz resiste. A fala insiste: quem viver verá".

Belchior


A música 





"Cálice" por Criolo





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)