7 de mai de 2014

SEMINÁRIO: NÃO DESVIE O OLHAR: DIGA NÃO À EXPLORAÇÃO SEXUAL – 19 de maio\Goiânia

 

Folder Modificado FRENTE

Programação:

8h30 CREDENCIAMENTO

9h ABERTURA:

HINO NACIONAL – Banda da Polícia Militar do Estado de Goiás

DISCURSOS:

Autoridades presentes

9h30 ASPECTOS ÉTICOS NA ATENÇÃO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL

MARIA LUIZA MOURA OLIVEIRA

Psicóloga e presidente do Fórum Goiano de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes

10h15 AS RELAÇÕES ÉTNICO RACIAIS E DE GÊNERO NO CONTEXTO DA

EXPLORAÇÃO SEXUAL

MARIA APARECIDA ALVES DA SILVA

Psicóloga, doutora em educação e integrante da Rede Não Bata Eduque

11h DEBATES

11h30 INTERVALO PARA ALMOÇO

13h30 ESTRATÉGIAS NO COMBATE A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E

ADOLESCENTES NO CONTEXTO DA COPA

 LUCIANO FERREIRA DORNELAS

Delegado da Polícia Federal em Goiás

14h15 PLANO NACIOANL DE ENFRENTAMENTO A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE

CRIANÇAS E ADOLESCENTES: DIRETRIZES E NOVOS DESAFIOS

KARINA PARECIDA FIGUEIREDO

Secretária Executiva do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes

15h DEBATES

16h ENCERRAMENTO

Realização:

TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Coordenadoria de Infância e Juventude Capital/Interior

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS - CAO da Infância e Juventude

APOIO:

Rede de Atenção a Crianças, Adolescentes e Mulheres em Situação de Violência de Goiânia – ASMEGO – ESMEGO - FIEG\SESI


19 de maio de 2014

Local: Associação dos Magistrados do Estado de Goiás – ASMEGO

Rua 72, 192 – Jardim Goiás, Goiânia – Goiás

Público-alvo: Rede de Proteção da criança e do adolescente e sociedade em geral

Inscrições e certificação AQUI

Escola Superior da Magistratura de Goiás – ESMEG

Fone: (62) 3281-9226

www.esmeg.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)