7 de mai de 2014

Linchamento da Maria de Jesus de Guarulhos, quem deveria pagar por esse crime cruel?

Jornalista e âncoras de TV que incitam o justiçamento

Ditos cidadãos de bem que fazem apologia à violência

Pessoas que preferem filmar o horror a proteger a vítima

Homens e mulheres que ferem e matam sem nenhuma chance de defesa

Que todos sejam responsabilizados criminalmente por essa barbárie imperdoável

Olho por olho dente por dente DRFA

Acesse o program 3 a 1 que debateu a formação de grupos de justiceiros AQUI

 


DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS
Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III)
da  Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948

Artigo V
Ninguém será submetido à tortura, nem a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante.

Artigo IX
Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado.

Artigo XI
1. Toda pessoa acusada de um ato delituoso tem o direito de ser presumida inocente até que a sua culpabilidade tenha sido provada de acordo com a lei, em julgamento público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias necessárias à sua defesa.   
2. Ninguém poderá ser culpado por qualquer ação ou omissão que, no momento, não constituíam delito perante o direito nacional ou internacional. Tampouco será imposta pena mais forte do que aquela que, no momento da prática, era aplicável ao ato delituoso.


Foto capturada no Jornal Comunicação em 19 de maio e 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)