16 de dez de 2013

Seminário em celebração aos vinte anos de fundação do Movimento

CONVITE

O Movimento Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes/RS tem a imensa satisfação de convidá-lo para o Seminário que fará realizar em celebração aos seus vinte anos de fundação. Tal evento será no dia 20 de dezembro, 6ª feira, das 13h30min às 18h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, 3º andar, com a seguinte pauta:

13h30min – Acolhida e credenciamento.

14h - Movimento Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes/RS – Retrospectiva: 20 anos passados a limpo – Mariza Alberton e a participação da Ministra Maria do Rosário, fundadora do Movimento.

15h – Jornada Estadual contra a Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes/RS – relato de uma experiência exitosa em 11 anos.

15h20min – Apresentação do Fórum Estadual de Adolescentes e Jovens no Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes/RS.

15h30min - Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes/RS - exposição de sua realidade, ações desenvolvidas em 2013, planos e desafios para 2014 – Alessandra Rycheski, coordenadora estadual.

16h – Relato de uma vida - dor e superação - a incrível trajetória de uma sobrevivente de incesto,  por Angela Chaves.

Apresentação do livro “Lágrimas de Silêncio - a história de Angélica, violentada, abusada e prostituída. Uma sobrevivente do incesto”.

Mesa de debates – Martha Narvaz, psicóloga e Iara Duarte, assistente social.

17h15min – Autógrafos na Praça.

A comercialização do livro “Lágrimas de Silêncio”, de autoria de Angela Chaves, no valor simbólico de R$ 20,00, e a sessão de autógrafos serão na Praça da Matriz, próximo à Assembleia Legislativa.

Sua presença é imprescindível ! Aguardamos você.

Mariza Alberton, coordenadora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)