10 de nov de 2012

Wanderlino Nogueira, candidato brasileiro ao Comitê dos Direitos da Criança da ONU ganha apoio de países em Nova York

 

Prêmio Neide Castanha 2012 29Socializando...

Noticias quente e recentes de Wanderlino Nogueira (parceiro de prêmio Neide Castanha) e que agora é candidato mor ao Comitê dos Direitos da Criança da ONU, um brasileiro que conta com nosso apoio, para esta vaga - que muito nos honrará. Que tudo dê certo!

Abraços de Maria Luiza Moura 


 

Dos 192 países que integram a Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil conseguiu o apoio de aproximadamente 115 países, em favor da candidatura brasileira ao Comitê dos Direitos da Criança da ONU.

 

Wanderlino Nogueira Neto

Candidato brasileiro ao Comitê dos Direitos da Criança da ONU - Wanderlino Nogueira Neto

Entre os dias 17 a 26 de outubro de 2012, o candidato brasileiro ao Comitê dos Direitos da Criança da Organização das Nações Unidas (ONU), Wanderlino Nogueira Neto, esteve em Nova York (EUA), para cumprir a agenda de acordos bilaterais do governo brasileiro junto à ONU.

Durante os nove dias o candidato brasileiro participou de 65 encontros, no qual foram realizadas negociações/entrevistas diplomáticas bilaterais entre países da América do Sul, América do Norte, Europa, África, Ásia e Oceania, em favor da candidatura do Brasil ao Comitê dos Direitos da Criança da ONU (Genebra).

No encontro, o governo brasileiro expôs aos países integrantes da ONU, a longa e aprofundada experiência de Wanderlino Nogueira nas áreas governamental, não governamental e acadêmica; bem como do anuncio formal de sua candidatura feita pela própria presidenta Dilma Roussef, na Conferência Nacional de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, diante de aproximadamente três mil pessoas.

Por sua vez, o candidato teve a oportunidade de apresentar aos diplomatas estrangeiros suas ideias e posições sobre o reconhecimento e a garantia dos direitos fundamentais da criança, no mundo, expondo a necessidade de se centrar a promoção e a defesa dos direitos da criança na perspectiva dos Direitos Humanos, bem como garantir que os órgãos de tratado da ONU possam dialogar mais entre si sobre a temática dos direitos humanos: mulheres, pessoas com deficiência, populações tradicionais etc. Wanderlino neto defendeu a participação proativa e propositiva de crianças e adolescentes no setor social, político e jurídico, garantindo-lhes os direitos à participação como direitos humanos, prioritariamente. Destacou também a necessidade de que o Comitê considere as peculiaridades socioculturais de cada país, adequando-se a eles nacionalmente os instrumentos e mecanismos universais de promoção e proteção de direitos humanos.

O candidato brasileiro declarou que o encontro superou a suas expectativas. “O encontro superou as minhas expectativas. Os diplomatas estrangeiros entregaram notas de apoio formal e outros deram parecer favorável e irão consultar as suas chancelarias. Conseguimos aproximadamente o apoio de 115 países dos 192 que integram a ONU” ressalta Wanderlino.

Segundo a Missão Permanente do Brasil junto à ONU, o candidato Wanderlino Nogueira já tem o apoio formalizado dos 09 países do MERCOSUL e dos países da Comunidade Africana Luso-Fone (PALOP – países africanos de língua oficial portuguesa).

A missão teve o acompanhamento do corpo diplomático brasileiro, entre eles, a Embaixadora Maria Luiz Viotti, o Adido encarregado de candidaturas na Missão Permanente do Brasil junto à ONU, Paulo Caruso, como também a Subsecretária dos Direitos da Criança da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da Republica, Angélica Goulart e seu Chefe de Gabinete George Lima. As eleições da ONU estão previstas para o dia 18 de dezembro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)