11 de out de 2009

Marcas da trágica conquista do paraíso



Visita ao Parque Nacional Cañon del Sumideiro - Tuxtla - Chiapas - México.


Nesta região do México aconteceu o mítico gesto dos índios Chiapas que preferiam saltar ao fundo do Sumideiro, antes de serem dominados pelos espanhóis. Como o personagem sem-pernas, do livro capitães de areia de Jorge Amado, que se joga do alto do elevador Lacerda – Salvador/BA, para não se render aos policiais, homens, mulheres e crianças Chiapas preferiam a morte à rendição.

Um comentário:

  1. Cida, é um desalento ver que poucas pessoas percebem que a morte física é, amiúde, uma opção mais digna do que o aniquilamento da psique. O difícil é retirar a aura de sobrenatural com a qual revestem-se comportamentos desencadeados por conteúdos psicológicos. É dar a devida importância ao que os olhos de cada um percebem, citando a metáfora que você usou. Você é guerreira, parabéns!
    Márcia Kafuri

    ResponderExcluir

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)