14 de nov de 2013

Operação livra quase 400 crianças de rede de pornografia infantil do Canadá

Salve o trabalho da polícia do Canadá!

A inspetora da polícia de Toronto afirmou que entre os 341 suspeitos presos em dez países estão professores, médicos, enfermeiras, pastores e padres, além de três pais adotivos.

A operação - batizada de Projeto Spade - começou há três anos. Policiais disfarçados fizeram contato com um suspeito de envolvimento em pornografia infantil.

A investigação mostrou que ele era dono de uma empresa que vendia filmes pela internet para clientes em 94 países - incluindo o Brasil.

A investigação canadense livrou 386 crianças da rede de exploração sexual. Na empresa investigada em Toronto foram encontradas mais de 280 mil imagens pornográficas de meninos entre 5 e 12 anos.

O material apreendido pela polícia levou à identificação dos criadores e também dos compradores dos vídeos.

Veja mais informações AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Adoraria ver publicado seu comentário, sua opinião, sua crítica. No entanto, para que o comentário seja postado é necessário a correta identificação do autor, com nome completo e endereço eletrônico confiável. O debate sempre será livre quando houver responsabilização pela autoria do texto (Cida Alves)